segunda-feira, 14 de maio de 2012

I will love you till the end of time.


Passado, presente, futuro. Meu bem, meu bem, meu bem... Por favor, não enlouqueça. Nos perdemos no tempo, mas desde quando isso importa? Não quero saber dos dias, dos meses e dos anos, quero o agora e o que há por vir. Quero do seu lado. Quero você, nós.
Quero mesmo é te abraçar e sentir que eu moro ali naquele abraço, fechar os olhos sentindo a sua respiração, me sentir segura por ter a sua mão segurando a minha, sabe? Juntos somos aquela imagem que vemos ao dizer "arroz e feijão". Você entende. Já perdi as contas de quantas vezes eu te observei ao ver TV e notei seus pequenos detalhes, tão bonitos e simples. Nós brigamos e eu choro querendo o seu colo, patético como só o amor consegue ser. Sei que no mundo não existe nada igual. Eu te escolho, eu te quero sempre e cada vez mais, eu te amo e não te solto pro mundo nunca mais. É você o futuro pai dos meus filhos, o homem da minha vida, o meu amor de alma. Fiz a minha escolha e digo com orgulho, eu acertei, em cada mínimo detalhe, acertei. Nem eu e nem você, nós. Eu te amo tanto e eu sei que nunca vou conseguir explicar, sei também que você sente e eu não preciso dizer. É tudo tão eterno do seu lado, e você sabe... O que é eterno nunca morre.

I would wait a milion years
Promise you'll remember that you're mine.

Um comentário:

  1. te amo, saiba disse sempre, independentemente de quando vc leia isso.

    ResponderExcluir